T.C.P

Termo de Compromisso e Participação

1. Termos e Condições

1.1 Concordância com os termos: Ao preencher o formulário de cadastro, o piloto declara que leu e concorda com os termos descritos, seja neste documento ou publicadas nos meios de comunicação oficiais da LPVW BRASIL AV, não podendo ser usado o desconhecimento ou não concordância como justificativas para quaisquer assuntos.

1.2 Aprovação e retorno: Após o envio do formulário de cadastro, a solicitação será analisada pela LPVW BRASIL AV e, caso seja aprovada, o piloto receberá um e-mail de confirmação. Confira a caixa de spam para evitar perder este e-mail.

1.3 Direitos de imagem: O piloto devidamente cadastrado que participe em qualquer evento ou campeonato concede à LPVW BRASIL AV o direito de exploração comercial e publicitária do seu nome, imagem e performance, incluindo fotografias, vídeos, imagens, textos e sons do piloto, seu carro e sua equipe, de qualquer forma, em qualquer mídia ou material (incluindo, mas não limitado a transmissões pela Internet, TV aberta, TV fechada, rádio, pay-per-view e produções cinematográficas).

1.4 Responsabilidades: A LPVW BRASIL AV não se responsabiliza por qualquer mau funcionamento de equipamento dos participantes. Caso um participante tenha problemas no PC, conexão, simulador ou demais aparatos, a LPVW BRASIL AV não pode garantir que desfrute da qualidade oferecida, e o participante não poderá alegar mau funcionamento para obter exceções. A LPVW BRASIL AV não tem o dever de prestar suporte técnico ou solucionar problemas de equipamento dos participantes, embora seja proativo.

1.5 Ausências por problemas diversos: O mau funcionamento do equipamento ou falta de recursos básicos como energia elétrica e internet não justifica a falta em uma etapa e não pode ser usado como justificativa para obter qualquer exceção ao regulamento.

1.6 Repasse inadequado de senhas: O piloto cadastrado na LPVW BRASIL AV em hipótese alguma deve transmitir as senhas de acesso dos servidores (“4Fun’s” e”Campeonatos”) à terceiros . Infringir tal item acarretará na exclusão automática da liga.

1.7 Alterações no Regulamento: A LPVW BRASIL AV se dá o direito de fazer alterações necessárias no regulamento durante a temporada, a serem informados via e-mail aos participantes inscritos, entrando em vigor imediato após publicação.

 

2. Responsabilidades e Conduta

2.1 Aceite prévio: Qualquer infração sobre os subitens listados no “Termo de Compromisso e Participação”, que é aceito imediatamente pelo participante em seu ato de cadastramento, pode resultar em exigências e ações unilaterais por parte da LPVW BRASIL AV, sem nenhuma possibilidade de serem revogadas. Todos os acontecimentos em ambientes internos e externos serão avaliados de acordo com a circunstância e gravidade da infração, descritas a seguir.

2.2 Infrações de Conduta: Aplicações

  • Desabilitar a opção de chat voz/texto do piloto no servidor jogo/teamspeak;
  • Remoção do conteúdo publicado pelo participante na internet;
  • Solicitação de retratação formal perante as partes prejudicadas;
  • Uma etapa de suspensão ao participante em um campeonato;
  • Exclusão do participante do campeonato até o final da temporada;
  • Exclusão do participante da LPVW BRASIL AV até segunda ordem.

2.2.1 Respeito: Ofender ou colocar em dúvida a idoneidade de qualquer participante, adversário ou membro da equipe de organização da LPVW BRASIL AV, seja qual for o meio utilizado (público ou privado), e seja com qual teor for (palavras de baixo calão ou denegrindo o trabalho alheio). A LPVW BRASIL AV opta por manter um ambiente respeitoso em todos os aspectos.

2.2.2 Conduta pública: Reclamações pós-corrida, provocações, comunicação hostil direcionada a outros participantes ou membros da organização da LPVW BRASIL AV, através de meios públicos fora ou dentro da internet (fóruns, transmissões ao vivo, redes sociais, entre outros). A LPVW BRASIL AV direciona a comunicação crítica de seus participantes através dos canais privados disponíveis para não expor os envolvidos.

2.2.3 Direitos de imagem: Publicação de gravações, vídeos, live streamings ou fotos de corridas oficiais da LPVW BRASIL AV são proibidos sem prévia autorização. A LPVW BRASIL AV reserva os direitos de imagem sobre suas corridas oficiais e deseja preservar a imagem dos participantes, para que não sejam expostos através de terceiros, que não dispõe do mesmo cuidado que a LPVW BRASIL AV sobre seu próprio conteúdo.

2.2.4 Nicknames: Utilização de frases em substituição ao seu nome no TeamSpeak LPVW BRASIL AV para provocações ou ofensas é proibida. A LPVW BRASIL AV deseja evitar possíveis mal-entendidos entre adversários sobre possíveis situações como estas, especialmente após as corridas.

 

3. Vistoria Técnica

3.1 Vistoria: Os subitens listados no item 2 são obrigatórios e passam por uma vistoria da direção de prova. Caso um piloto seja reprovado em qualquer um destes itens, não poderá participar do evento/etapa. Caso a falha seja detectada após o evento/etapa, o piloto é desclassificado do resultado.

3.2 Suporte: A direção de prova não tem a responsabilidade de dar suporte aos problemas listados no item 1, portanto é recomendável verificar todos os dispositivos com antecedência à etapa.

3.3 Equipamento: Computador que possa atender a um mínimo de 30 frames por segundo na tela do simulador, independente do DirectX, qualidades de texturas e gráficos.

3.4 Controlador: Recomendado o uso de um controlador analógico (volante ou joystick).

3.5 Conexão: Carro apresentando estabilidade na pista, sem apresentar reações de flutuar, piscar ou transpor outros veículos, a ser monitorado pela Direção de Provas, que poderá convidar o piloto a se retirar da etapa a qualquer momento em que esta condição possa prejudicar o andamento do evento.

3.6 Simulador: Mod, upgrades, circuitos e carset da temporada, disponibilizados oficialmente nas fontes oferecidas pela LPVW BRASIL AV, funcionando sem reportagem de erros junto aos servidores da LPVW.

3.7 Dispositivo de segurança [Game Fórmula Truck Simulator 2013, Game Stock Car Extreme e Automobilista]: Cadastro correto em http://www.simracingtools.com e dentro da “liga” LPVW BRASIL AV e uso do “SimRacingTools” instalado e aberto durante as etapas oficiais.

3.8 Comunicação e presença por voz: Durante o Briefing, é obrigatório estar no TeamSpeak LPVW BRASIL AV com seu registro de usuário. A Direção de Provas pode fazer uma vistoria ou chamada a cada competidor no TS e, caso um piloto exiba status “Mudo” ou “Ausente”, ou não sinalize que está ouvindo as instruções, a Direção de Provas pode aplicar a penalização prevista por ausência.

 

4.Informações Pré-Briefing

4.1 Conhecimento prévio: Abordamos neste item as instruções que a LPVW BRASIL AV considera como Pré-Briefing, ou seja, questões básicas de entendimento prévio e que não necessitam tomar tempo do Briefing para serem esclarecidas, atuando como um manual de dúvidas frequentes.

4.2 Conduta dentro da pista: Caso tenha treinado pouco e não esteja seguro de como atuar em pista, vá com cuidado e não assuma riscos desnecessários. Evite movimentos bruscos que não condizem com o traçado, ou parar em locais inadequados. Se precisar conduzir o carro danificado, faça com cautela, fora do traçado.

4.3 Largadas: Lembre-se que na primeira volta às velocidades, temperatura de pneus e freio são diferentes de uma volta rápida. Na primeira freada de um circuito, não use o mesmo ponto de referência de uma volta limpa. Evite tocar na traseira do adversário, freando com cuidado e de forma controlada. Evite traçado extremo interno da primeira curva, pois pode ocasionar o “efeito funil” e acidentes. Na maioria das vezes é uma escolha sua assumir riscos e se deixar envolver em incidentes.

4.4 Disputas por posição: É útil analisar o rendimento do carro à frente antes de tentar ultrapassar na primeira oportunidade. Com dois carros lado a lado, se estiver por fora não feche a tangência, dando espaço ao adversário. Com dois carros lado a lado, se estiver por dentro não espalhe a saída, dando espaço ao adversário. Evite mudar mais de uma vez de direção na reta. Jamais revide um toque: a penalização por manobra fora dos padrões esportivos é severa.

4.5 Saídas de pista: Se sair dos limites da pista, você perde a preferência sobre o traçado: retorne com segurança. Ao menos manter uma roda na pista, dentro das linhas que a delimitam, seguindo o padrão, exceto caso liberação da Direção de Provas no Briefing. A Direção de Provas pode alertar sobre excessos de saída da pista e deve ter sua ordem acatada imediatamente. Ao ficar rodado no meio da pista, espere os carros passarem e então retorne de forma gradual. Em circuitos de rua, ao ficar atravessado na pista, use metade da largura da mesma para manobrar de volta ao sentido correto, deixando espaço para passagem.

4.6 Paradas nos boxes: Entrada e saída de box devem ser feitas com segurança, respeitando as referências e linhas de entrada e saída. A Direção de Provas pode ainda fazer observações sobre estes itens durante o Briefing. Entrando ou saindo do pitlane com um carro a frente, tenha atenção para não tocá-lo. Utilize a faixa rápida do pitlane apenas com a velocidade limite, sem frear ou parar o carro nela. Utilize a faixa onde os carros param apenas para entrar e sair de seu pit stop, não trafegando nela. A transição entre a faixa rápida e a parada deve ser realizada em diagonal, como no automobilismo. O piloto parado em seu pit stop tem a responsabilidade de retornar de forma segura à faixa rápida.

4.7 Bandeiras e penalizações do simulador: Todas as indicações e penalizações do simulador devem ser seguidas. Em bandeira azul deve-se ceder passagem sem zigue-zague, frear, mudar de traçado ou com movimentos bruscos. Em bandeira amarela local, caso tenha acidentes à sua frente, desacelere e priorize a segurança. Em bandeira amarela em todo circuito desacelere com cuidado, não ultrapasse e siga a fila. A bandeira preta e laranja indica que o carro precisa de reparos obrigatórios. A bandeira preta significa fim de prova, então recolha o carro para os boxes ou pare em local seguro. O ‘Drive Through’ consiste em passar pelos boxes sem parar o carro, cumprindo penalização. O ‘Stop and Go’ consiste em ir aos boxes e parar o carro pelo tempo determinado pela penalização.

 

5. Cumprimento de Horários

5.1 Pontualidade: Um piloto não pode alegar atrasos para obter benefícios ou exceções, não terá o direito de solicitar espera, e não poderá solicitar o recomeço de nenhuma sessão da etapa.

5.2 Horários por categoria: Confira o horário de início do evento, iniciando pelo briefing no Regulamento Técnico/Desportivo disposto para cada campeonato.

5.3 Limites do evento: Mesmo com esta grade horária definida, a LPVW BRASIL AV se dá o direito de reservar mais 30 minutos para tempo limite das atividades. Caso a etapa sofra atraso além deste limite, a mesma será adiada para uma data após o final do campeonato de acordo com os itens a seguir.

5.4 Problemas excepcionais antes da corrida: Quando há um problema identificado no simulador, servidor ou em qualquer configuração antes da corrida e este não tem tempo hábil de ser corrigido, a direção de provas conduzirá uma votação entre os pilotos durante o briefing para estabelecer, em maioria, se a etapa deverá ser realizada ou adiada para uma data ao final do campeonato.

 

6. Servidores

6.1 Liberação para treinos livres [rFactor, Game Fórmula Truck Simulator 2013, Game Stock Car Extreme, Automobilista]: Os servidores dedicados da LPVW BRASIL AV para Treinos Livres ficam abertos 24h por dia e todos poderão aderir, estando ou não inscritos na categoria referente ao servidor.

6.2 Liberação para treinos pré-classificatórios: Os servidores dedicados da LPVW BRASIL AV para Treinos Pré-Classificatórios são exclusivos para os pilotos inscritos na respectiva categoria descrita no nome do servidor. Outros pilotos não podem entrar diretamente, apenas se for autorizado pela direção do evento.

6.3 Respeito e bom convívio: É exigido o bom uso dos servidores oficiais, seguindo os mesmos conceitos de respeito e convívio empregados em campeonatos. Atitudes antidesportivas ou ofensivas nestes períodos de treinos são passíveis de penalização.

 

7. Sessões e Procedimentos

7.1 Briefing: Reunião entre Direção de Provas e pilotos inscritos, na Sala de Briefing via TeamSpeak (lpvwbrasilav.ddns.net) para repassar as principais informações e tirar dúvidas que não constem no regulamento. A Direção de Provas não é responsável por prestação de suporte técnico. Proibido o uso do servidor oficial durante este período. As decisões firmadas pela Direção de Provas durante o briefing são consideradas oficiais e como extensão do regulamento, prevendo as necessidades especiais que a etapa possa exigir. Assim que a Direção de Provas encerrar oficialmente o Briefing de pilotos, os membros/pilotos que chegarem após serão considerados como atrasos. O atraso ou não comparecimento ao briefing implica na determinação automática do piloto em não realizar a classificação da etapa.

7.2 Classificação: Siga as regras de velocidade e sinais do pitlane. Não há reposicionamento de grid através de comandos. A sessão pode sofrer mudanças caso haja algum problema considerado extremo pela Direção de Provas.

7.3 Warmup: Sessão de aquecimento antes da Corrida.

7.4 Largada estática pelo grid: Caso você movimente seu carro antes do acendimento do semáforo verde (ou ao apagar das luzes vermelhas), o simulador deverá penalizá-lo automaticamente.

7.5 Largada em movimento: O Safety Car conduz a fila, e retorna aos boxes. Siga todas as instruções do simulador para ações e posicionamento. É proibido fazer zigue-zague, “brake-test” ou arrancadas. Mantenha uma velocidade padrão à do Safety Car e respeite sua posição no grid. Em largadas de fila dupla, o segundo colocado não pode estar com nenhuma parte do carro a frente do líder no momento da bandeira verde. Em largadas de fila indiana, nenhum piloto pode estar com nenhuma parte do carro lado a lado nem em linha paralela aos demais. Em ambos os casos, o líder poderá acelerar acima da velocidade estipulada antes do sinal de bandeira verde, não podendo mais reduzí- la, e os demais aceleram após o carro da frente.

7.6 Largada dos boxes: Os pilotos que receberem a determinação de largar dos boxes deverão cumpri-la corretamente. Aguarde na tela principal a largada normal da prova, e depois disso clique em “Corrida”. O carro partirá de dentro dos boxes, bastando seguir as instruções do simulador e respeitando as velocidades limite e luzes de pitlane.

7.7 Falhas na largada: Não há largada falsa nem abortagem da corrida, exceto por problemas técnicos excepcionais e sob ordem da Direção de Provas.

7.8 Queda de algum participante: As atividades não serão interrompidas nem adiadas em caso de queda de qualquer participante durante qualquer sessão. O piloto pode usar os recursos do simulador para retornar após ter perdido a conexão com o servidor. Caso ele não retorne, será considerado como “abandono” nas estatísticas, e como “não largou” caso não tenha sido bem sucedido em alinhar-se no grid.

7.9 Corrida: O período de corrida compreende desde a entrada da sessão e alinhamento no grid, até o retorno aos boxes e término da sessão. Incidentes causados neste período serão analisados normalmente, mesmo após a bandeirada final.

7.10 Comunicação em ambiente de corrida: Fica terminantemente proibido o uso de chat de texto/voz durante as sessões de classificação oficial, warmup e corrida afim de evitar a desconcentração de todos os envolvidos no evento.

 

8. Potencialização de Penalizações

8.1 Caso a penalização aplicada durante a corrida não tenha sido cumprida pelo piloto por quaisquer motivos, a mesma é convertida para a “penalização pós-corrida (a quem abandonou)” referente.

8.2 Penalizações que ficarem pendentes ao final da última etapa da temporada serão cumpridas na primeira etapa da temporada seguinte. Caso o piloto mude de categoria na próxima temporada, a Administração da LPVW BRASIL AV definirá em qual categoria será cumprida a penalização.

8.3 Penalizações de largada dos boxes não são cumulativas: se um piloto recebe duas ou mais penalizações com esta consequência em uma mesma etapa, deverá cumprir apenas uma vez, na etapa seguinte em que estiver liberado para participar.

 

9. Penalizações do Simulador

9.1 As penalizações automáticas do simulador serão seguidas e deverão ser acatadas e cumpridas nos prazos que o próprio simulador determina. Exceção em casos especiais indicados no Briefing pela Direção de Provas, que nestes casos poderá retirar as penalizações mediante aviso via botão de mensagem rápida do próprio piloto.

9.2 Desclassificações do simulador também se enquadram em Infrações Extremas. A Direção de Provas pode ainda anular esta penalização, caso tenha sido efetuada por algum problema excepcional.

 

10. Direção de Provas

10.1 Responsabilidades: As categorias poderão ou não possuir Direção de Prova ativa, composta por um diretor de prova e possíveis comissários de prova, responsável pelo briefing, condução das sessões, análises de lances, definição do resultado oficial, e comunicação via website para esclarecimentos. A Direção de Provas não é responsável por prestação de suporte técnico.

10.2 Conduta: Qualquer ofensa dirigida à Direção de Provas é repassada diretamente à administração da LPVW BRASIL AV, que cuidará do caso de acordo com o item 2. Responsabilidades e Conduta.

10.3 Aplicação de penalizações: A Direção de Provas poderá aplicar alertas e penalizações em formato de mensagem privada ao piloto, de forma sucinta e padronizada, bem como com os recursos que o simulador ofereça, como ‘Drive Through’, ‘Stop and Go’, ‘Kick’, e outros.

10.4 Decisões: São conjuntas e expressam a decisão da Direção de Provas da LPVW BRASIL AV, sendo soberanas.

10.5 Problemas excepcionais: Caso a direção de provas tenha indisponibilidade de analisar, aplicar alertas ou penalizações em tempo real, estes procedimentos serão feitos após a prova, com base no item “Análises de lances”, aplicando as ações pós-corrida cabíveis.

 

11. Notificações

11.1 Contato: Todo piloto pode entrar em contato com o Diretor de Prova para efetuar uma Notificação mediante Formulário de Protesto ou Defesa, que invoca o mesmo a realizar a análise do lance. Da decisão da direção de prova em diante, não cabe nenhum recurso, exceto por erros de digitação que porventura ocorram no resultado oficial. Este é o único meio oficial para solicitar uma penalização a um competidor.

11.2 Prazos para envio: Deve ser enviado até as 22h00min do dia posterior a corrida a fim de agilizar o procedimento da Direção de Provas. Esta será a única oportunidade que o piloto terá para efetuar o pedido de notificação, nos casos onde houver incidente entre dois ou mais carros.

11.3 Método de análise: Será utilizado o replay instantâneo do simulador da Direção de Provas e dos Comissários de Prova disponíveis. Estes podem ainda considerar que o replay não os ofereça condições ideais de análise, levando a mesma para após a corrida, com o replay oficial do servidor.

11.4 Esclarecimentos: A Direção de Provas atende a busca por esclarecimentos aos pilotos via website oficial, na seção Informações > Protesto e Defesa. Deve-se preencher o formulário com as informações solicitadas. Caso o esclarecimento da dúvida esteja contido no próprio Regulamento, a Direção de Provas recomendará a releitura do item relacionado. Não são atendidos pedidos de reavaliação de lances.

11.5 Réplicas e tréplicas: Caso a dúvida permaneça em tréplica, a Direção de Provas poderá incluir em cópia o representante da equipe do piloto que permanece com a dúvida, para que a equipe tenha ciência e possa colaborar na orientação ao piloto.

 

12. Transmissões

12.1 Responsabilidades: A LPVW BRASIL AV realiza transmissões ao vivo de todos os seus eventos oficiais através de seu canal no YouTube, iniciando no horário de classificação oficial e encerrando após a bandeirada final e as entrevistas necessárias, salvo casos excepcionais.

12.2 Casos excepcionais: Em casos de problemas técnicos que impeçam a realização da transmissão ao vivo, a LPVW BRASIL AV mantém o compromisso de realizar uma transmissão da corrida em data posterior com base no replay que o simulador disponibiliza, também gerando o vídeo no canal.

12.3 Liberdade artística: A transmissão ao vivo da LPVW BRASIL AV é uma realização independente da administração ou da Direção de Provas, e seus participantes possuem liberdade artística e criativa para abordar os acontecimentos da maneira que considerarem mais adequada ao público. Seus valores se baseiam em: imparcialidade, entretenimento e informação.